Como funciona a avaliação?

Observação: o modo de avaliação foi alterado. Ver post: https://sereibibliotecaria.wordpress.com/2015/04/25/alteracao-na-avaliacao/

Na sétima semana de cada trimestre, viajamos ao polo em que estamos inscritos para realizar a prova presencial. As provas costumam ter entre 10 e 12 questões. Cada professor decide sobre o formato, mas de um modo geral são oito questões objetivas e duas dissertativas.

A nota máxima da prova é 7.

Os outros 3 pontos que compõem a nota são obtidos por meio de trabalhos. Há professores que optam por pedir 10 trabalhos ao longo do trimestre, com notas menores. Há os que preferem dividir os 3 pontos em três trabalhos. Neste último trimestre, o professor Claudio, por exemplo, pediu três trabalhos. O primeiro, mais simples, tinha nota 0,50. Os dois outros, mais complexos, 1,0 e 1,50.

Realizar os trabalhos é fundamental para a composição da nota final. Já observei que alguns colegas acabam dando importância menor aos trabalhos, mas eu acredito que além de serem uma ótima maneira de estudar para a prova também fazem diferença substancial na nota.

Antes que eu me esqueça, os alunos têm que atingir uma nota mínima na prova presencial: 4,2, ou seja, precisam acertar pelo menos 6 questões. Apesar de a média da UCS ser 6, não adianta tirar apenas 3 na prova e simplesmente somar com a nota dos trabalhos. Quem não atinge 4,2 na prova tem o direito de fazer uma prova de recuperação, na qual também precisará ter nota superior a esta – para somar às notas dos trabalhos caso os tenha feito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s