Oficialização do estágio

Quando escrevi o último post eu estava meio chateada. Como boa virginiana que sou, gosto de tudo bem explicadinho, com todos os passos dos processos definidos. Quando as coisas são meio bagunçadas, parece que minha vida toda vira uma bagunça. Era o que eu estava sentindo naquele momento.

Agora, ainda sem ter o processo de oficialização do estágio concluído, mas mais calma, posso fazer um post com o passo a passo do que acho que seja o processo.

Já no sexto semestre, a coordenação envia um e-mail aos futuros alunos do 7º semestre com orientações gerais sobre o estágio. Este pode ser um momento para começar a sondar os professores sobre a supervisão.

Os estágios são disciplinas, então a inscrição ocorre junto com a matrícula em matérias regulares.

Pode ser que o supervisor já adiante ao aluno os dados que precisará levantar para preencher o formulário no site do Programa Integrar da UCS, onde o estágio será cadastrado. Normalmente é nome, endereço, CNPJ da unidade de informação mais algumas informações da pessoa que irá assinar o termo de compromisso (no meu caso, a diretora do Museu Nacional – nome, função, CPF e RG) e da bibliotecária que irá supervisionar o estágio (nome, função, formação e registro).

Nesse meio tempo, o estudante tem que correr atrás de um lugar para realização do estágio. Há cidades, como Curitiba, que já têm vários locais conveniados com a UCS, porque lá tem vários alunos do curso. Conversar com os colegas pode ajudar nessa busca.

Definido o local e já com as informações necessárias, o estudante pode preencher o formulário do Programa integrar. O melhor é ser bem claro e preciso. Eu, por exemplo, coloquei que iria passar por diversos setores da biblioteca e isso não foi aceito, tive de definir o setor principal.

No geral, o preenchimento é fácil. Submetido, leva alguns dias para receber algum tipo de retorno. Normalmente isso ocorre via sistema. É necessário ficar atento ao que está escrito ao lado do nome do estágio. É possível abrir o formulário para editar, clicando em cima do local.

O formulário é então aprovado primeiro pelo professor e depois pelo setor de estágios. Quando está fechado, o aluno tem que imprimir três vias, assinar e depois pedir para o responsável pela biblioteca assinar. Todas as vias são enviadas para Caxias do Sul. Eu acabei enviando para o endereço que estava no próprio termo de compromisso.

A partir da assinatura de todas as partes, o aluno tem um seguro emitido pela UCS e pode realizar o estágio.

Atualização: hoje, 4 de setembro, recebi pelo correio o documento assinado pela UCS, para que seja entregue esta via ao Museu. Só que no sistema do Programa Integrar continua a mensagem: “aguardando assinatura”. Bom, acredito que devam mudar nos próximos dias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s