Matrícula

Nos primeiros dois semestres, a matrícula foi realizada meio que de forma automática.

No primeiro semestre, que na verdade foi apenas um trimestre, a coordenação ofereceu três disciplinas, sendo uma delas uma introdução ao universo da educação a distância. Tivemos ainda Normalização I e Introdução à Biblioteconomia. Todos cursamos as mesmas matérias.

No segundo semestre, também foi realizada a matrícula automática, mas as disciplinas cursadas pelos colegas que entraram junto comigo na turma de maio de 2014 já não foram totalmente iguais. É que alguns já tinham realizado, por exemplo, disciplinas de administração em suas primeiras graduações. Ou seja, já tinham cumprido esses créditos.

Já neste terceiro semestre, o cenário da matrícula é um pouco diferente. Nós pudemos escolher o que queríamos fazer, pelo menos foi o que me pareceu. Eu cliquei nas disciplinas apontadas como sendo do terceiro semestre, mas tive acesso também às oferecidas no quinto semestre. Como não consigo realizar mais do que seis matérias por semestre, nem passou pela minha cabeça escolher aquelas de mais adiante.

Notei ao olhar os perfis dos colegas que muitos farão algumas disciplinas do primeiro semestre, as quais eu consegui reaproveitar de meu primeiro curso de graduação. Assim não são muitos os colegas que estão fazendo exatamente o mesmo que eu neste próximo período.

De forma resumida: a matrícula é feita pelo aluno durante um período determinado. O aluno deve escolher pelo menos 12 créditos (em média isto equivale a três disciplinas). Se quiser realizar o curso nos quatro anos propostos, é necessário sempre pegar todas as matérias oferecidas para aquele semestre.

Por enquanto estou seguindo o curso de maneira bastante ordenada.

Anúncios