Trabalhos de aula

A nota de cada disciplina é dividida em dois tipos de avaliações: a prova com peso 6 e os trabalhos com peso 4. Cada professor decide como distribuirá esses quatro prontos dos trabalhos que desenvolvemos ao longo do semestre.

Em Planejamento de Bibliotecas, por exemplo, o professor optou por pedir um único trabalho que valia nota 4. Ao longo das semanas de aula foi nos orientando a realizar cada tópico aprendido em aula, não deixando tudo para o final. Deu certo.

Há professores que oferecem várias atividades, cada uma valendo um pouquinho. Essas atividades podem ser desde participações no fórum ou exercícios práticos até respostas a questionários.

Eu gosto daquelas atividades que envolvem a pesquisa em uma unidade de informação de verdade. Já fiz alguns assim – para as matérias de CDD, atendimento ao público, planejamento e, agora, formação e desenvolvimento de coleções.

Hoje estive na Biblioteca Central da Unirio. Parece que fica mais fácil de fixar o conteúdo ao conversar com uma profissional que já atua no mercado. Adorei a conversa com a Stella. As minhas futuras colegas são sempre muito simpáticas, atenciosas e cheias de paciência para responder a todas as dúvidas.

Anúncios

Avaliação a cada final de trimestre

Assim como nós somos avaliados ao final de cada trimestre, temos a oportunidade de avaliar as disciplinas oferecidas. Não só isso, também as instalações da UCS e o nosso próprio desempenho.

Faço questão de responder a esta avaliação, pois acredito que seja o momento de ajudar a melhorar o curso. Neste último trimestre, por exemplo, tivemos uma matéria que foi muito mal aplicada. Não sei se a professora não recebeu treinamento adequado ou se simplesmente achou que bastava jogar o conteúdo na web e estava tudo bem. Só sei que foi sofrível. Os conteúdos escolhidos não eram ruins, mas a maneira como a disciplina foi ministrada, sim.

Os professores costumam preparar um material explicativo para cada aula. Alguns até gravam vídeos ou áudios para os alunos poderem acompanhar a aula de outro modo que não apenas a leitura. No caso relatado, a professora apontava apenas as leituras semanais, sem nenhum tipo de ligação com a biblioteconomia, sequer se dando ao trabalho de elaborar questões avaliativas. Ela simplesmente pedia para respondermos a uma das perguntas que apareciam no final de cada capítulo indicado. Até então nunca tínhamos tido uma atuação tão ruim.

A avaliação serve para expressarmos nossas observações sobre o curso, assim como para refletirmos sobre o nosso próprio engajamento. Porque não adianta reclamar dos professores quanto nós mesmos não fazemos a nossa parte.